/

Canhotos, destros e ambidestros

Mão esquerda
Ultimamente temos observado que o Dudu, tem alguma tendência para pegar em alguns objetos com a mão esquerda, mas sem ser de forma exclusiva.

Como não somos canhotos e tirando uma sobrinha que o é, e o meu pai que é meio ambidestro, não temos muita gente na família que nos sirva de exemplo, sem pensarmos muito nisso, lá fomos colocando os objetos na mão direita.

A primeira vez que lhe pusemos uma colher na mão, foi na direita. O mesmo com o lápis dos primeiros rabiscos no papel.

Ao contrário da Luísa, que desde o início mostrou uma preferência para ser destra, o Dudu deixa-nos baralhados porque desempenha as actividades com as duas mãos.

Por aquilo que andámos a ler ainda é um pouco cedo para termos a certeza, mas estamos com algum receio de o estar a condicionar ao ensiná-lo a manobrar os objetos de uma forma que não lhe é natural.

Nos últimos tempos temos tentado deixá-lo escolher com que mão quer agarrar o objeto: colocamos os lápis ou a colher em cima da mesa e esperamos que ele se decida, mas ele continua a baralhar-nos.

Este fim-de-semana reparámos que chuta mais a bola com o pé esquerdo, mas uma vez mais isso também não tem nada a ver, pois alguns futebolistas esquerdinos são destros.

As nossas dúvidas não trazem nenhuma preocupação pelo facto de virmos a ter um canhoto lá em casa. A diversidade é bem recebida por estes lados. Apenas pretendíamos não contrariar a sua natureza e tornar a sua vida mais fácil… se for esse o caso.

Alguém tem pistas que nos ajudem a perceber?

Imagem da autoria de jypsygen.

Gostou deste artigo?

Subscreva o nosso Feed RSS, siga-nos no Twitter ou simplesmente recomende-nos aos seus amigos e colegas!

Posts relacionados:

  • Hugo Fernandes

    hmmm… tenho de passar uns minutos com ele para descobrir.
    A técnica é fazer o Dudu colocar-se em posição de combate. Se meter a perna esquerda à frente é destro. E vice-versa. :)