Gestão do tempo

Espiral do tempo

Espiral do tempo

Como somos um casal, que trabalha a tempo inteiro, com 3 filhos pequenos, com pouca diferença de idades entre eles, somos muitas vezes questionados sobre como gerirmos o nosso tempo. Geralmente à pergunta junta-se um olhar de piedade :-)

De facto não temos nenhuma formula mágica, nem somos assunto para um livro de gestão familiar que mereça destaque na Oprah. Somos apenas uma família como as outras, que vive com o tempo que tem disponível.

Tal como acontece com o dinheiro, que também não estica, gastar racionalmente este recurso para nós é essencial.

Não tenhamos ilusões, o dia tem 24 horas para toda a gente, e para fazermos umas coisas temos de prescindir de outras. Se precisamos de mais horas… Vamos ter de pedir emprestado ao dia seguinte.

Até aqui nada de novo, no entanto há uma coisa que fazemos enquanto pais, desde o inicio e que até hoje cultivamos como uma boa pratica a manter, independentemente do tempo que temos disponível: – quando chegamos a casa, depois de um dia de trabalho, os primeiros minutos são só DELES. Nada de telefones, computadores, notícias ou preocupações.

Apenas tempo (embora curto) de qualidade, em que sentem que estamos disponíveis e que também sentimos saudades. A verdade é que essa disponibilidade acaba por jogar a nosso favor, já que depois desse tempo em que lhes damos toda a atenção parecem não precisar de outros subterfúgios para ganhar a nossa atenção, como por exemplo birras.

Imagem da autoria de Robbert van der Steeg.

Gostou deste artigo?

Subscreva o nosso Feed RSS, siga-nos no Twitter ou simplesmente recomende-nos aos seus amigos e colegas!

Posts relacionados:

  • http://www.facebook.com/bento.oliveira Bento Oliveira

    olá família verso!
    como sabem também tenho uma família numerosa; 3 filhas de 5, 3, 1 anos. Eu não diria que as pessoas olham para nós com olhar de piedade, mas sim de pena.
    penso que o tempo passa pela boa gestão, isto é, o tempo não é nosso, mas sim o deles.
    uma boa coisa que eu deixo aqui, e que nós usamos, é fazer orçamento familiar anual. isso ajuda e de que maneira a “esticar” o dinheiro.