/

Presentes criativos para agradar e poupar

Presentes criativos

Para famílias como a nossa, com muitas relações familiares e de amizade, o item “prendas” tem um peso importante no orçamento familiar. Por isso, cedo aprendemos a ser racionais e criativos.

Planear é sinónimo de poupança em quase todos os itens de um orçamento familiar e as prendas não são exceção. Se no início do ano fizer uma lista de pessoas a quem gostaria de dar presentes, vai conseguir com tempo pensar num presente criativo e mais em conta, do se for a correr ao Centro Comercial comprar a primeira coisa que encontrar.
Nesta incluem-se presentes de aniversário, natal e outras festividades, nascimentos, casamentos e batizados.

De lista na mão, aponte o budget que poderá gastar com cada pessoa e prendas que poderia comprar com esse valor.
Tenha a lista sempre à mão para apontar alguma ideia de presente que lhe ocorra, ou que a pessoa mencione que gostaria de ter.

Agora o mais importante em alturas de crise (como esta que atravessamos) é mesmo poupar alguns trocos e não ver a cara de desilusão de crianças e adultos ao desembrulhar a prenda.

Ideias soltas e ligeiramente mal arrumadas:

  • Faça os seus próprios presentes. Se não tem jeito para artesanato ofereça algo em que é bom. Se faz uns bolos excelentes, ofereça-se para fazer o bolo de aniversário. Se a sua especialidade são os doces de frutas, faça frasquinhos de doce e personalize o rótulo com uma mensagem de felicidades/ Feliz Natal/ Parabéns…;
  • Ofereça tempo (que é um bem precioso). Quando foi a última vez que se ofereceu para fazer babysitting aos seus amigos com filhos (juro que não é nenhuma indireta aos nossos próprios :-) . Imprima uns vouchers com a oferta e dê como prenda, para os seus amigos usarem quando for mais conveniente;
  • Vá a feiras de artesanato urbano. Além de ser divertido (o Hugo obviamente não concorda com esta parte), encontram-se prendas muito giras e principalmente únicas.
  • Para a Família mais chegada, fotos emolduradas das suas crias também fazem sempre sucesso e são uma prenda barata.

A forma de embrulhar os presentes também faz a diferença:

  • Se tem lá por casa revistas de design, arquitectura ou outras com páginas bonitas (uma paisagens, um padrão, linhas orgânicas) utilize-as para embrulhar alguns presentes mais pequenos;
  • E as “páginas amarelas” que já ninguém usa, mas que teimam em distribuir por esses lares de Portugal, a fora? Dê-lhe uso;
  • Guarde pedaços de tecido de roupa que já não use e faça criativos embrulhos em tecido, com laços em tecido.

Num próximo post vamos partilhar convosco algumas ideias de presentes especificamente para crianças.

Gostou deste artigo?

Subscreva o nosso Feed RSS, siga-nos no Twitter ou simplesmente recomende-nos aos seus amigos e colegas!

Outros conteúdos de interesse: