/ /

Vacina da varicela, sim ou não?

Testa do Dudu com borbulhas da varicela

Dudu com varicela

Depois de 50% da família ter apanhado varicela em Fevereiro, primeiro a Luisa e depois o Hugo, agora foi a vez do Dudo.

A varicela é uma doença infecto-contagiosa, que embora não seja considerada perigosa é bastante incómoda para os miúdos e para os pais, já que implica alguns dias de absentismo forçado ao trabalho.

Desta vez, dado que a Leonor já era nascida, tivemos receio que fosse perigoso para um bebé com menos de 2 meses, apanhar o vírus.

O pediatra da Estefânia, onde fomos com o Dudu assim que os sintomas se manifestaram, sossegou-nos afirmando que a Leonor estaria ainda imune ao vírus, dado que tinha herdado a minha imunidade e que esta estaria activa nos primeiro meses de vida.

Sendo o período de contágio tão longo (10 dias) e os sintomas tão aborrecidos para as crianças, nomeadamente a febre e a comichão, estamos a equacionar vacinar a Leonor.

Obviamente iremos discutir com a pediatra, os prós e contras, já que esta vacina não está incluída no plano nacional de vacinação.

Qual é a vossa opinião sobre esta questão: vacinar ou não vacinar?

Gostou deste artigo?

Subscreva o nosso Feed RSS, siga-nos no Twitter ou simplesmente recomende-nos aos seus amigos e colegas!

Posts relacionados:

  • Fo Reis

    Sgundo os mais velhos, depois de se ter a varícela uma vez, nunca mais se tem, e a minha filha teve-a. Penso ser desnecessário.